Menu
Angola: FMI projecta inflação de cerca de 14% até final de 2015

Angola: FMI projecta inflação de ce…

O mais recente relatório ...

Fitch baixa nota financeira de Angola para ‘B+‘

Fitch baixa nota financeira de Ango…

A Fitch - agência de nota...

Angola: Derrame de petróleo afecta meio ambiente e praias de Cabinda

Angola: Derrame de petróleo afecta …

A multinacional Chevron -...

Em Luanda vivem 122 milionários angolanos - diz estudo

Em Luanda vivem 122 milionários ang…

Em Luanda, a capital de A...

Aaron Hernandez condenado a prisão perpétua

Aaron Hernandez condenado a prisão …

O ex-jogador da equipa de...

Arranca julgamento de Aaron Hernández suspeito de matar dois cabo-verdianos

Arranca julgamento de Aaron Hernánd…

Teve início nesta quinta-...

Two Cape Verdeans Flying the Skies of America

Two Cape Verdeans Flying the Skies …

The Capeverdeans Mauricio...

Dois Cabo-verdianos pilotos da JetBlue

Dois Cabo-verdianos pilotos da JetB…

Os cabo-verdianos Mauríci...

Cabo Verde se absteve na votação para admissão da Palestina na Unesco

Cabo Verde se absteve na votação pa…

Dos membros da comunidade...

Barney Frank: Um grande defensor de Cabo Verde no Congresso americano anuncia retirada

Barney Frank: Um grande defensor de…

Com a decisão do represen...

Prev Next

Cabo Verde: Primeiro-Ministro reúne-se com pilotos da TACV

Cabo Verde: Primeiro-Ministro reúne-se com pilotos da TACV

O primeiro-ministro, José Maria Neves, reuniu-se nesta terça-feira com representantes da Associação dos Pilotos, e prometeu a adopção de medidas para que a TACV - Cabo Verde Airlines continue servir os cabo-verdianos da melhor forma.

O encontro serviu também para os pilotos da TACV exporem suas preocupações sobre a actual situação da companhia de bandeira.
De acordo com o presidente da Associação dos Pilotos, Ricardo Abreu, o Primeiro-Ministro “mostrou-se preocupado com a situação e afirmou que nos próximos dias irá tomar medidas”. O Chefe do Executivo anunciou ainda que pretende dialogar com trabalhadores de outros sectores da empresa.
Abreu lembrou que o desafio da companhia passará pela “necessidade imediata de resolver a equação entre o passivo e os capitais próprios da empresa” para que possa continuar a operar. “Caso contrário nenhuma empresa sobrevive”, disse,
Sobre alegadas críticas feitas pelo Primeiro-Ministro à TACV onde refere-se aos atrasos dos pilotos, Ricardo Abreu afirma que foi um dos temas tratados com José Maria Neves, tendo ficado esclarecido o assunto, “não há motivos para alongar mais sobre isso”.
Sobre a eventual privatização da empresa, o piloto espera que sejam encontrados accionistas dispostos a investir e com boas políticas de transporte para a melhoria da situação financeira e operacional da TACV. Caso contrário o representante dos Pilotos sugere uma expansão da empresa para que continue a voar como empresa pública. “Isso é responsabilidade do Governo”, conclui.
Por questões de agenda, o encontro que deveria acontecer entre o Primeiro-Ministro e o sindicato do pessoal de cabine da TACV foi adiada para uma data a indicar.
Fonte: Governo

back to top