Angola cai para oitavo lugar na lista das maiores economias da África subsaariana

Angola cai para oitavo lugar na lista das maiores economias da África subsaariana

A economia de Angola caiu do terceiro para o oitavo lugar na lista das maiores economias da África subsaariana devido à depreciação do kwanza e ao crescimento económico negativo dos últimos cinco anos.

De acordo com o mais recente relatório da consultora FocusEconomics, que utiliza os dados dos bancos centrais e dos institutos nacionais de estatística dos países desta região, a economia de Angola vale agora cerca de 74 mil milhões de dólares (61,5 mil milhões de euros), caindo na lista liderada pela Nigéria, cujo Produto Interno Bruto (PIB) chega a 455 mil milhões de dólares.
Depois da Nigéria, a lista apresenta a África do Sul, com 344 mil milhões de dólares (285 mil milhões de euros, e o Quénia, seguindo-se Etiópia, Gana, Tanzânia e Costa do Marfim, antes de aparecer Angola, que surge acima da República Democrática do Congo, Camarões, Uganda, Zâmbia e Botsuana, figurando ainda Moçambique como a 14.ª maior economia da África subsaariana.
No documento, enviado aos investidores e a que a Lusa teve acesso, os analistas desta consultora com sede em Barcelona apontam o PIB da região nos 1,5 biliões de dólares, que deverá crescer para mais de 2 biliões de dólares, nos próximos cinco anos.
Para este ano, os analistas estimam um crescimento económico de 1,4% em Angola, que deverá acelerar para 2,7% no próximo ano, antevendo uma subida dos preços na ordem dos 21% este ano e 15% em 2022.
Para Moçambique, o outro único país lusófono analisado no documento, a FocusEconomics reviu em baixa a perspetiva de crescimento para este ano, antevendo agora uma expansão de 2,3%, menos 0,5 pontos percentuais que no mês passado, e prevê uma aceleração para 4,4% no próximo ano.
Fonte: Lusa

Mind-Blowing Holiday Travel Sale. Book now and get up to  off* with coupon code: SFHOL15
Fare Buzz
SmartFares' Exclusive Cheap Flight Sale