BP e ENI querem criar joint venture para melhorar produção de petróleo e gás em Angola

BP e ENI querem criar joint venture para melhorar produção de petróleo e gás em Angola

As multinacionais dos combustíveis, BP e ENI admitem a possibilidade de criar uma join venture em Angola, com a fusão de seus activos de petróleo, gás e gás natural liquefeito. O objectivo é reactivar a produção após anos de queda.

Segundo a rede de notícias Bloomberg, os dois gigantes da energia assinaram um acordo não vinculativo para discutir a combinação de seus portfolios em Angola.
Os activos angolanos das duas empresas produzem, em conjunto, mais de 200 mil barris de petróleo por dia.
A proposta está sujeita à aprovação das autoridades de Luanda assim como de entidades reguladoras e de parceiros.
Em Angola estão algumas das maiores descobertas feitas pela BP na última década, mas várias delas - como a descoberta de gás Katambi - foram posteriormente abandonadas após a empresa determinar que não eram comerciais.
A empresa britânica BP vem operando os blocos offshore 18 e 31 e detém interesses ainda não explorados em blocos adicionais em Angola. A ENI é a operadora do New Gas Consortium - uma joint venture que também inclui a BP - e opera o Bloco 15/06, bem como licenças de exploração em Cabinda Norte e Cabinda Centro.

 

Mind-Blowing Holiday Travel Sale. Book now and get up to  off* with coupon code: SFHOL15
Fare Buzz
SmartFares' Exclusive Cheap Flight Sale