Fitch baixa nota financeira de Angola para ‘B+‘

Fitch baixa nota financeira de Angola para ‘B+‘

A Fitch - agência de notas de crédito - decidiu baixar o rating financeiro de Angola para ‘B+’ devido ao efeito da queda dos preços do petróleo num país altamente dependente dos hidrocarbonetos.

Segundo a Fitch, a redução das receitas provocou um aumento da dívida pública e redução das reservas, apesar da oportuna resposta das autoridades ante o cheque do preço do petróleo no mercado internacional.
A agência destacou entre as decisões do governo angolano, a adopção de uma política monetária mais apertada, medidas orçamentais e a desvalorização cambial. Essa resposta tem contribuído para uma certa estabilidade e evitou uma baixa mais acentuada do rating.
Como resultado dos efeitos da redução das receitas, a dívida pública angolana deverá subir de 23,1% do PIB em 2013, para 40% do PIB em 2015, mas permanece abaixo do nível médio que é 'B', á volta de 51,3% do PIB.
O país deverá registar um deficit da conta corrente, o que acontece pela primeira vez desde 2009.