Portugal liderou investimentos em Moçambique nos primeiros três meses de 2014

Portugal liderou investimentos em Moçambique nos primeiros três meses de 2014

Portugal liderou a lista de investidores estrangeiros em Moçambique durante os três primeiros meses do ano, apresentando 43 projectos orçados em mais de 150 milhões de euros, informou o Centro de Promoção de Investimentos (CPI) moçambicano.

Entre 28 países e um investimento directo estrangeiro global de mais de 263 milhões de euros, o português ultrapassou largamente o das Maurícias, com 33,1 milhões de euros, da África do Sul (26,5 milhões), da China (15,7 milhões) e da Bielorrússia (8,8 milhões), países que ocuparam, em conjunto com Portugal, as cinco posições cimeiras da lista de investidores internacionais.
Os dados agora divulgados pelo CPI indicam que, só nos primeiros três meses de 2014, o investimento português aumentou 5,1% face ao ano passado, quando as empresas portuguesas investiram cerca de 124 milhões de euros em Moçambique, ficando atrás das sul-africanas (267,2 milhões de euros) e chinesas (168,1 milhões).
Segundo o CPI, no primeiro trimestre do ano, foram aprovados 125 projectos no valor de mais de 574 milhões de euros, em que o investimento moçambicano correspondeu a 52,8 milhões e os empréstimos e suprimentos – referentes a estrangeiros e locais – representaram 258,2 milhões do total apurado.
A organização moçambicana indica ainda que, com cerca de 202 milhões de euros, o sector de energia recebeu o maior volume de investimento, sendo seguido pelo da indústria (101,5 milhões), construção e obras públicas (67,3 milhões), serviços (49 milhões), turismo e hotelaria (30,2 milhões) e transportes e comunicações (9,08 milhões).
Fonte: Lusa