Galicia estreita relações comerciais com Cabo Verde

Galicia estreita relações comerciais com Cabo Verde

O secretário de Assuntos Marinhos da Galiza, Rosa Quintana, realizou recentemente várias reuniões com representantes de instituições e empresas em Cabo Verde, a fim de reforçar relações comerciais entre o país africano e a Galiza, Espanha.

Quintana, acompanhado pelo Director-Geral das Pescas, Aquacultura e Inovação Tecnológica, Juan Maneiro, participou da IV Feira de actividades económicas ligadas ao mar - Expomar - realizada na ilha de São Vicente. O evento ocorrido entre 29 e 31 de Outubro último, foi presidido pelo primeiro-ministro de Cabo Verde, José Maria Neves.
A missão espanhola esteve integrada ainda por um grupo de armadores e membros de associações de armadores com interesses na região.
As autoridades galegas se encontraram com a ministra das Infra-estruturas e da Economia Marítima, Sara Maria Duarte Lopes, com quem discutiram a possibilidade de cooperação nas áreas de formação e investigação haliêutica; e com o director da Enapor, uma entidade pública no âmbito do Ministério das Infra-estruturas e da Economia Marítima de Cabo Verde responsável pela gestão dos portos do arquipélago. O objectivo dessas reuniões foi melhorar a logística e fornecimento de provisões dos navios galegos que operam na área e avançar para a utilização do porto de Mindelo, na ilha cabo-verdiana de São Vicente, como uma plataforma operacional.
Frutos do mar e peixes enlatados são os dois principais produtos exportados por Cabo Verde, representando quase 84,3% do total do volume exportado pelo país.
Espanha é a maior importadora de produtos marinhos originários de Cabo Verde, com uma participação de 97% (19,714 toneladas). Atum congelado é o principal produto importado de Cabo Verde pela Espanha, sendo responsável por 81% (15,985 toneladas) das compras espanholas.