Voo mais longo do Airbus A321LR foi feito pela TAP entre Moçambique e Cabo Verde

Voo mais longo do Airbus A321LR foi feito pela TAP entre Moçambique e Cabo Verde

A TAP Air Portugal fez, na última segunda-feira (29), o voo mais longo já realizado com um A321LR, o modelo de longo alcance da família A320neo da Airbus. O avião cruzou boa parte do continente africano, entre Moçambique e Cabo Verde, percorrendo mais de 7.200 km.

O voo teve duração de dez horas e sete minutos, quando partiu do aeroporto de Maputo (MPM), às 5h59 da manhã (horário local) e pousou no aeroporto de Praia (RAI), em Cabo Verde, às 16h06.
O histórico voo foi realizado pelo A321LR de matrícula CS-TXA, que confirmou a capacidade de voos de longo curso do modelo. Vale notar que o A321 surgiu como um avião de maior capacidade e menor alcance, dentro da família A320. Porém, mudanças no mercado tornaram o A321LR uma opção inversa a sua proposta inicial, passando a ser um avião de capacidade similar ao A320, mas cobrindo voos de longo alcance.
Em comparação com os voos internacionais a partir do Brasil, a aeronave pode cumprir rotas como Salvador (SSA) e Lisboa (LIS), ou ainda do Rio de Janeiro (GIG) para Miami (MIA). O contra está na menor capacidade de carga e passageiros, em relação a aeronaves de dois corredores, mas atende justamente rotas secundárias onde aeronaves de maior porte não são rentáveis ou sofrem limitações operacionais.
Lançado em janeiro de 2015, o A321LR foi o primeiro de uma nova família de longo curso derivada do A321, que ainda inclui a versão de ultralongo alcance, batizado de A321XLR. A intenção é que ambos os modelos tornem viável a criação de novas rotas de longo alcance.
Fonte: Aeromagazine